Computação em Nuvem e as Tecnologias Atuais na Nuvem

29/05/2012   Leandro Munhoz | | Gostou?
     0Voto
thumb-computacao-em-nuvem

Significado da computação em nuvem

O termo computação em nuvem ou do inglês cloud computing começou a ser utilizada no final da década de 90. Conceito que se baseia em armazenamento de dados e utilização de serviços locados em servidores que estão interligados à internet, podendo assim, acessar esses dados, serviços ou softwares de qualquer lugar e de qualquer dispositivo que tenha acesso à Internet.

A nuvem não é uma tecnologia recente, podendo destacar o seu primeiro serviço os e-mails. Com a evolução dos avanços tecnológicos e com a maior disseminação da internet houve-se a necessidade de se tornar as ferramentas que antes estavam instaladas em nossas máquinas, agora ela estão online com isso o termo tecnologia ou computação em nuvem vem ganhando destaque na mídia gerando bilhões de dólares atualmente.

Podemos dividir a computação em nuvem SaaS, PaaS e IaaS

SaaS (Software as a Service):

Trata-se de aplicações ou softwares que são executadas em ambiente online. O seu principal público alvo são os usuários finais. Podemos destacar vários serviços como: Google docs, Skydrive, Youtube, Facebook, E-mails, Dropbox, Netflix etc.

PaaS (Plataform as a Service)

São plataformas de desenvolvimento de softwares. O seu principal público alvo são os programadores, algumas empresas oferecem este tipo de serviços como a: Microsoft Azure, Google Apps, Amazon EC2 etc.

IaaS (Infraestructure as a Service)

Serviços oferecidos aos clientes como processamento, armazenamento, rede e outros recursos físicos computacionais. Porém, o usuário não gerencia ou controla a infraestrutura da nuvem em si, como por exemplo, em qual hardware real suas “máquinas” estarão rodando. Algumas empresas: Amazon EC2, Locaweb etc.

Principais tecnologias atualmente na nuvem

Google Apps

São pacotes de serviços desenvolvidos e oferecidos pelo Google. Os famosos pacotes office agora não precisam estar necessariamente instalados em uma máquina local. O Google oferece aplicativos como edição de texto, planilhas, apresentação etc.

SkyDrive

É o serviço gratuito oferecido pela Microsoft. Esse serviço disponibiliza 7GB de espaço para armazenamento de arquivos. Para utilizar os serviços basta apenas ter uma conta hotmail. Além de funcionar como um “PenDrive” virtual, pode ser integrada com alguns sistemas operacionais, ou seja, no seu próprio computador há a possibilidade de criar uma pasta especificamente ligada ao seu Sky Drive.

iCloud

Visando facilitar os usuários da marca, a Apple lançou já em seus produtos junto com o Sistema Operacional, o iCloud. O aplicativo tem como objetivo integrar em seus produtos o compartilhamento de arquivos em “nuvem”, tais como fotos, vídeos, músicas entre outros arquivos. Para os interessados, existe apenas a versão paga.

Dropbox

Serviços de armazenamento de dados, possui planos de contas, a versão não paga, de até 2gb e a versão paga podendo ultrapassar 1TB de acordo com a sua necessidade.

Netflix

A maior agência de locadora de vídeos nos Estados Unidos, lançaram para os assinantes do serviço um pacote de infinidade de filmes e series de televisão armazenados na “Nuvem” a serem vistos via streaming. Possui plano mensal de R$15,00, você pode experimentar por um mês gratuitamente.

YouTube

Lançado em 2005, com o seu primeiro vídeo de 19 segundos, os seus criadores não imaginavam o tamanho sucesso que se iria consolidar este serviço, podendo dizer que foi um marco para o ambiente online. Nasceu com o intuito de compartilhar vídeos entre os criadores, e hoje se tornou a principal referencia em vídeos online. Dados de 2011 mostram que a cada minuto são mais de 48hrs de vídeos novos. São mais de 3 bilhões de visualizações diárias.

Flickr

É uma rede social com foco em armazenamento e compartilhamento de álbuns de fotos ou imagens. Recentemente o Flickr anunciou também a possibilidade de enviar vídeos, mas está muito longe de disputar com o Youtube. Em 2011 a flickr registrou 6milhões de imagens armazenadas em seus servidores.

Compartilhe:
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInPin on PinterestGoogle+Email to someone

Leandro Munhoz

Deixe um comentário!